Boteco Rô e Guto

Boteco Rô e Guto

Viajar, já em sua preparação, causa diversos sentimentos.

Você se descobre às vezes organizado, às vezes desavisado, às vezes descobridor, às vezes safo (como diz meu marido), às vezes atrasado, confuso, preparado, despreparado, ansioso, nostálgico.

E muitas vezes você se descobre muito, mas muito querido. Esta semana foi uma prova disso.

Jantares e encontros todos os dias para um beijo e um abraço de boa viagem. Cada turma, cada amigo, um jeito diferente e carinhoso de dizer que vamos fazer falta.

Ontem: ganhamos um presente lindo. Minhas queridas amigas organizaram uma despedida surpresa! Lindas as que organizaram, lindos os que foram. Lindo meu marido que ajudou, já que alguém tinha que dar os contatos dos convidados. (ps: a comissão organizadora contou que não chamou toooodos os amigos porque sabiam já tinhamos feito despedidas privê… e queriam fazer algo pequeno pra nós… porque se fizessemos queriamos algo pequeno, acho que todos entendem. Mas não custa limparmos a barra).

Um ambiente de gente muito querida. A casa toda decorada com astromélias cor de rosa de todos os tons. Um cachorrinho – que é uma mistura de golden retriever com salsicha – rodeava a casa. Minhas amigas organizadoras felizes de me ver feliz. Minha enxaqueca, que me perseguiu o dia inteiro, foi passando aos poucos depois de um balde de café… todos na cerveja, eu no café.

Mas isso é o de menos. O importante foi sentir as pessoas que eu amo lá, perto de nós, com boas palavras e abraços carinhosos. Ver a casa linda, pra nós. Sentir o carinho em toda a organização. Ter certeza, mais uma vez, que tenho amigas maravilhosas.

Ter pessoas assim na nossa vida é o que faz com que ela tenha valor. Vou sentir saudades. Mas volto já. Como dizia a bolacha do chopp (abaixo): voltaremos sempre!

Obrigada, queridos! Uma noite especial. Um carinho que só quem recebe, sabe o que estamos dizendo.

 

  1. Ro,
    Adorei o poema do Fernando Pessoa, lindo! Tem um texto que é um pouco mais conhecido, mas que gosto muiuuuto… escrito pelo Amyr Klink. O texto é esse:
    “Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu. Para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser. Que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver”.
    Acho que é isso! Por isso te desejo uma BOA VIAGEM! Aproveite ao máximo cada momento, cada pessoa em seu caminho, cada lugar… e estarei aqui esperando vc e o Guto fazerem um video com a dancinha do Matt!!!!
    Leva sua luz para todos os cantos do mundo Ro!!! Estaremos aqui acompanhando!
    Beijos,
    Bruna

    1. Bru, vc é uma fofa! Que mora no meu coração…. vou ter saudades… já tenho, quer dizer. Sua alegria contagiava o estúdio. Obrigada pelo texto lindo, pelas palavras! Sobre a dancinha…. bom…. preciso superar o Matt, rs…., mas que ele me inspirou naquelas nossas tardes de fofocas no estúdio, inspirou! Um beijo enorme. Com amor… Rô ps: te espero na Tailândia!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. Roooo
    Muitos muitos parabéns!!!!! acho que meus fuso é mais atrasado ainda do que o do Brasil!! mas ainda em tempo quero te desejar mais do que muitas felicidades, que esse ano seja de muitas realizações e sonhos, e criação de novos também…
    To adorando o blog, não sei se vc sabe, mas sou muito perdida de tecnologia… espero que seja aqui mesmo pra escrever, mas me dá um oizinho de volta qdo puder, só pra saber se tô no lugar certo!
    Muitos muitos beijos e toda felicidade do mundo..
    vou continuar viajando com vc por aqui… tô muito curiosa… ainda não tinha entrado com calma no blog… tá lindo, parabéns! bj pro Guto tb

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

− 7 = 2