Caminho de Volta

Caminho de Volta

Voltar a um lugar que tenho guardado no meu coração gera muitos tipos de sentimentos, e voltar a este lugar depois de 9 meses em mundos tão diferentes, é como uma mágica.

Pisar em Barcelona foi o primeiro passo do “pisar em casa”. Reconhecer as ruas, saber onde quero comer, por onde gosto de andar, em que cafezinhos gosto de sentar, que cheiros vou sentir acalma e aquece o coração. Estar com amigos queridos então sem se fala.

Alguns dias em Barcelona para, aos poucos, ir voltando. A cabeça bem mudada junto a muitas memórias, quem eu era somado a quem eu sou hoje, com um cenário já conhecido como pano de fundo é algo que viverei chegando em casa em poucos dias.

Fizemos quase tudo o que queríamos, mas parece que o tempo em lugares que a gente gosta nunca é o suficiente. Finalmente pude fazer o Guto entender porque amo tanto esta cidade e não precisou de muito pra ele se apaixonar: ruazinhas lindas, tapas e paellas, Palau de La Música Catalana para um show de jazz, Sagrada Família, museus, cidade agitada, passeio de bicicleta pelas praias.

Escapamos dois dias para Girona e Cadaqués. Girona por dois motivos: fui para lá atrás de algo para um trabalho e também para ver dois queridos amigos. Amigos que marcaram o tempo em que vivi em Barcelona. Sentir de novo o prazer de estarmos juntos, poder viver um pouco a vida local, nos encontrarmos de novo em um momento diferente da vida onde apresento meu marido e a “família do mundo” cresce, é maravilhoso.

De lá fomos à Cadaqués comemorar dois anos de casados que após este ano grudados 9 meses, 24 horas por dia juntos, parece que adicionamos uns 5 anos na relação! O que é maravilhoso! Cadaqués é uma cidade pela qual sou apaixonada. Um pequeno porto na Costa Brava da Espanha. Tive sempre experiências muitos boas lá, a primeira vez teve uma grande magia que não me deixava dormir à noite.

Com uma amiga querida fui passar um final de semana lá sem saber muito do que se tratava. Pegamos um ônibus e chegamos em busca de um hotel. Lá tem a Casa Dalí, onde Salvador Dalí morou por 30 anos da sua vida e, portanto, onde produziu muitas das suas obras. Nesta dia fomos à Casa Dalí, totalmente excêntrica como ele, saímos em choque! Pegamos um táxi para Cap de Creus, uma reserva natural perto de lá. Me lembro até hoje do motorista de táxi nos contando sobre aquele lugar e quando lhe falamos sobre a sua sorte em viver em um lugar lindo como este, ele nos disse: sorte tem vocês por poderem descobri-lo. Eu nasci aqui.

À noite fomos jantar em um dos restaurantes do porto. No canto esquerdo gostamos de um deles e mais um bom momento fez este dia inesquecível. Era um destes restaurantes em que o dono vem à mesa, retira o pedido, conversa, faz a noite ser especial. De volta ao hotel me lembro de estar deitada na cama, com os olhos arregalados sem conseguir dormir por não acreditar em tudo o que tinha visto e vivido.

E assim foram todas as minhas visitas à Cadaqués, graças a D’us. Desta vez com meu marido, neste novo momento da vida, com muito frio, mas sempre lindo!

Fomos a Madrid, novidade pra mim também. Cidade grande, linda, mas lotada de gente já que era feriado! Museus impressionantes, prédios lindos! Com amigos que moram lá tivemos o enorme prazer de conhecer uma das baladas mais divertidas e diferentes que já fui na vida. Em um lugar onde dos globos prateados de discotecas saem plumas e um King Kong está pendurado no teto segurando uma Barbie na mão, há um palco onde atores/dançarinos fazem performances e representam papéis variados: de Dalí a Fidel Castro, Freira a “Gostosuda”, Marilyn Monroe a Maradona. O dono, com um microfone anima a balada e faz discursos enlouquecidos. Eu não via o relógio marcar 6 da manhã desde a noite do meu casamento!!!

Último dia. A sensação é estranha e gostosa. Felizes de termos vivido tantas coisas lindas, de termos sido abençoados em cada passo dado. Felizes de voltarmos para nossa família e amigos. E já nostálgicos do que e de como vivemos intensamente esta viagem. Agora foi a vez de fazer a mala para voltar pra casa, algo que sempre imaginávamos como seria quando fazíamos as malas para mudar de país… agora é mudar para o nosso. Me emociono de pensar em tudo e saber que começa mais uma fase de coisas boas.

  1. PARABÉNS PELO PRESENTE QUE VCS SE DERAM !!!
    QUEM QUER FAZ ! QUEM NÃO FAZ , EXPLICA !!!
    QUE VCS CONTINUEM INTENSOS DE
    CURIOSIDADES ,VIDA E PAIXÃO !!!
    ADMIRO E AMO VCS
    BJSSSSS MILLLLL PAIIIIII

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − = 17